Bom negociador é convincente.

Dicas para se tornar um bom negociador

Os especialistas neste assunto afirmam que todo mundo já nasce sabendo negociar, a questão é que algumas pessoas conseguem se desenvolver a ponto de praticar essa habilidade conscientemente. Desde o momento da abordagem até o momento final de convencimento, aquele que é considerado como um negociador profissional está sempre consciente de cada ato, nada acontece por acaso ou por sorte.

Para quem é um micro ou pequeno empreendedor essa é uma habilidade extremamente necessária e útil, pois pode facilitar os processos com fornecedores e trazer novos clientes para o negócio. A negociação acontece quando as duas partes estão em desacordo ou com ideias diferentes, no entanto, é importante prestar atenção ao fato de que uma negociação não é um campo de batalha, mas um diálogo para chegar a uma resolução que seja benéfica para ambas as partes.

Se você procura sempre negociar em qualquer situação, saiba que pode se descobrir como um ótimo negociador, confira a seguir algumas características daqueles que praticam essa habilidade.

→ Bom ouvinte

Estar aberto para ouvir o que os outros têm a dizer e tentar enxergar a realidade partindo dessas novas perspectivas aumenta a capacidade que o ser humano tem para compreender o mundo e as pessoas a sua volta, para assim saber qual a melhor forma para agir mediante determinadas situações. São conhecimentos que vão se acumulando para momentos-chave da vida.

Bom negociador é convincente.
Aperto de mãos.
(Foto: Reprodução)

→ Estar pronto para o “não”

Ninguém gosta de levar uma recusa. Partindo desta ideia muitas pessoas tem medo de enfrentar pessoas ou situações que possam lhe causar algum tipo de acometimento. Essa é a prova clara que nem todos estão preparados para negociar, é preciso em primeiro lugar colocar na cabeça que o “não” como resposta é uma situação que pode ocorrer ou não, e que acontece com qualquer pessoa. O mundo não vai acabar se você for rejeitado uma vez, o fundamental é persistir.

→ Ter paciência

Não importa em que ambiente estamos inseridos, ao lidar com pessoas é extremamente importante manter a calma em certas situações. A princípio, esta pode parecer uma tarefa bastante complicada, mas se realizada com êxito é capaz de fazer qualquer projeto andar para frente. A paciência se trata basicamente de autocontrole, quando o ser humano sabe como gerenciar a si mesmo ele é capaz de se manter no controle de qualquer situação sem perder o equilíbrio.

→ Comunicação

A influência que uma mensagem vai exercer sobre quem a recebeu depende da capacidade de convencimento de quem a emitiu, ou seja, se há algum tipo de hesitação ou dúvida por parte de quem está se comunicando é bem menos provável que o interlocutor seja persuadido. Independente de qual seja o assunto, é substancial que o comunicador acredite nas informações que ele está passando, pois se ele não consegue convencer nem a si mesmo, quem dirá ao próximo.

→ Planejamento

Planejar o passo a passo de um diálogo é importante, pois caso a conversa tome rumos inesperados você estará pronto para lidar com a situação. Para isso, determine previamente como se dará o seu desempenho, coloque em pauta tudo o que achar conveniente falar. Esse processo é importante também para não chegar despreparado em uma situação e na hora principal travar, emudecer.

→ Ter sempre uma alternativa

Assim como é importante em um diálogo ter outras saídas, é recomendável que o negociador esteja preparado para uma frustração. Desta forma, ter uma alternativa reserva pode vir a calhar quando o negócio for mal sucedido. Dessa maneira o pânico da sobrecarga não desolará a mente de quem falhou em um acordo.

Se você pratica esses hábitos no momento de uma negociação, parabéns! Caso não, nunca é tarde para aprender. Exercite suas habilidades e encontre sucesso profissional!

Boa sorte!

Deixe uma resposta