Descubra se você pode ser um empreendedor individual Sebrae

O trabalhador autônomo ou informal pode regularizar a sua atividade se tornando um Microempreendedor Individual (MEI) com o suporte do Sebrae. No processo ele irá adquiri um CNPJ, facilitando portanto a abertura de contas em bancos, bem como a realização de empréstimo e financiamento e a emissão de notas ficais para seu clientes.

Para se tornar um MEI é preciso ter um faturamento de gire até o teto de R$ 60.000,00 anualmente, ou de R$ 5.000,00 mensalmente, não podendo ultrapassar esses limites ou participar como sócio ou titular de outras empresas, é necessário também ter no máximo um funcionário contratado, o qual receberá um salário mínimo ou o piso de sua categoria profissional.

» Para se registrar como MEI acesse o Portal do Empreendedor e formalize-se já.

» Tenha acesso ao arquivo com todas as atividades permitidas para o trabalhador que deseja se inscrever como MEI antes de realizar o cadastro, a qual foi definida segundo a Resolução CGSN n° 94, de 29 de novembro de 2011.

Benefícios de ser MEI

O MEI se encaixa no Simples Nacional, ficando desta forma isento de diversos tributos da esfera federal, como o Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL. A única despesa que ele tem é o pagamento ao INSS no valor de R$ 34,90 mensalmente, mais R$ 5,00 para os que presta serviços e R$ 1,00 para indústria e comércio em geral.

Direitos da Previdência Social

  • Aposentadoria
  • Auxílio-doença
  • Licença-maternidade e outros
Rede de apoio ao empresário
Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.
(Créditos da imagem: ww.areadeconcurso.com.br)

Perfil do Microempreendedor Individual

Homens e mulheres
Possuir entre 25 e 39 anos de idade
Ensino técnico ou superior completo
Trabalhar em casa
Trabalhar com serviços e comércio
Não possuir outros fontes de renda
Se formalizar para ter CNPJ e nota fiscal

Obrigações e responsabilidades

» Obtenção de alvará: é necessário procurar junto as normas do Código de Zoneamento e de Posturas Municipal se o seu estabelecimento pode funcionar no local em que pretende instalar, caso seja aprovado você irá receber um Alvará de Localização, o qual permite que o seu negócio funcione de acordo com a lei.

» Relatório mensal das receitas brutas: o MEI tem até o dia 20 de cada mês para preencher um relatório declarando as receitas que conquistou no mês anterior, devendo comprová-las por meio de notas ficais em anexos.

» Declaração anual simplificada: anualmente o MEI deverá declarar quanto faturou no ano anterior por meio de uma declaração feita no próprio site da Receita Federal.

» Custo para contratação de um empregado: é direito do MEI ter um funcionário, o qual deve ganhar o salário-mínimo vigente ou o piso de sua categoria, para regularizar tal situação é preciso preencher a Guia do FGTS e Informação à Previdência Social até o dia 7 de cada mês.

Acesse o portal do Sebrae para obter maiores informações e orientações sobre como se tornar um Microempreendedor Individual.

Como identificar mercados não explorados em franquias

Segundo levantamento de dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising), o ano passado foi muito promissor para o segmento de franquias, uma vez que o setor faturou cerca de R$ 115 bilhões, ganhando quase dez mil novos estabelecimentos comerciais instalados pelo território brasileiro e gerando um crescimento nacional correspondente a 11,9%.

A franquia é um tipo de negócio onde o uma marca irá ceder ao franqueado o direito de usar seu nome, bem como seus produtos, serviços e know how em troca de pagamentos estipulados, como taxa de adesão e royalties mensais.

Este é um modelo que tem se tornado bastante popular no Brasil na última década, tanto é que, atualmente, é muito difícil encontrar uma cidade que não possua uma franquia de alguma marca.

Alguns empresários acreditam que o segredo para o sucesso não está em se investir em uma marca conhecida, que já tem sucesso e renome dentro do mercado, mas sim em mercados que ainda não foram muito explorados por outros empreendedores, pois estes se mostram mais promissores que os negócios convencionais.

Franquias que podem entrar em ascensão
Pesquisa é fundamental para encontrar os mercados que são menos explorados.
(Foto: Reprodução)

Reconhecer e apontar os setores que ainda são inexplorados dentro do mercado de franquias brasileiro não é uma tarefa nada fácil, é preciso um conhecimento que se adquire somente com a experiência de quem já atua inserido neste segmento. Por isso, preparamos uma lista com excelentes opções para facilitar a vida de quem deseja investir em algo novo, confira:

Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC)

Este é um setor que somente nos últimos anos passou a atrair uma quantidade maior de projetos, porém continua sendo um mercado que tem uma carência de profissionais e empresas especializadas para prestação de determinados serviços. O Programa Nacional de Banda Larga realizou um estudo em que afirma que a demanda por serviços e produtos de TI só tende a aumentar, abrindo de tal forma o mercado de TV a cabo para companhias telefônicas em cerca de 50%.

Segundo os profissionais da área, o setor promete mais no segundo semestre deste ano após o governo colocar em prática o ajuste fiscal, possibilitando que o segmento de Tecnologia da Informação comece a crescer em questões de investimento.

Favelas

Não exatamente se tratando de mercado, mas de público, as favelas ainda são pouco exploradas para a instalação de estabelecimentos comerciais em geral. Neste ano elas começaram a serem desbravadas pelas franquias brasileiras, seja de redes odontológicas, clínicas médicas, varejo, restaurantes e bares, cursos de idiomas e informática, entre outros.

As comunidades do Rio de Janeiro e São Paulo estão começando a receber pontos de franquias, o que é um excelente negócio, não só para a região que se desenvolve, mas para o franqueado que investe em um local que existe pouca ou nenhuma concorrência.

Turismo

O setor de turismo e hotelaria foi o que mais faturou no ano passado, tendo um aumento de 97,8%. A justificativa dos especialista se dá pela Copa do mundo, que trouxe diversas pessoas para visitar o nosso país e também movimentou os próprios brasileiros entre as cidades que sediaram os jogos da Copa.

No próximo ano teremos as Olimpíadas, podendo esperar que o mercado volte a se aquecer fortemente ou até mais do que no ano passado, tornando este um setor magnífico para se investir, pois a demanda de público é bem maior que a oferta das empresas.

Foodtruck

É possível encontrar os famosos carrinhos de comidas em diversas esquinas das grandes capitais, no entanto este é um tipo de negócio que ainda é bastante escasso nas cidades pequenas em regiões interioranas dos estados brasileiros.

Os que geralmente existem são negócios independentes e sem nenhuma credibilidade reconhecida. Assim, caso você pretenda investir em cidades do interior um foodtruck pode ser uma ideia próspera.

     » Abrir um negócio em franquia em princípio pode parecer um investimento simples, por conta com um modelo que já vem como todas as metodologias operacionais e de funcionamento, mas o empresário que irá tomar conta do negócio tem m papel fundamental no alcance do sucesso. Acesse nosso artigo e confira se você tem as Características essenciais para o perfil de um bom empreendedor.

Como ter o retorno do investimento de uma empresa

Quando um empresário pensar em abrir uma empresa, uma das maiores dúvidas que passa pela sua cabeça é a respeito do fluxo de dinheiro ou de caixa, se eles conseguirão ser mais elevados do que o investimento requer.

A resposta desta questão não é das mais simples e se baseia no uso do método FCD (Fluxo de Caixa Descontado), um dos conceitos fundamentais dentro do mundo dos investimentos e finanças.

Para que ele seja aplicado de forma correta é preciso prestar bastante atenção em dois pontos essenciais:

1. Fazer uma estimação do fluxo de caixa que estará disponível ao investidor em um momento futuro, o qual também é nomeado como fluxo de caixa livre.

2. Aplicar dentro deste mesmo fluxo um desconto que o trará ao valor presente ou atual comparável, de modo a utilizar uma taxa própria para o desconto.

Fluxo de Caixa Livre

O fluxo de caixa livre é o dinheiro que fica para a empresa após o momento em que todas as pendências utilizadas são devidamente pagas. Em outras palavras, quando se investe capital em uma empresa o dinheiro vai para o terreno, prédio, máquinas, estoque, insumos, mãos de obras, despesas em geral e impostos. Assim, o dinheiro que restar ainda poderá ser utilizado como capital de giro ou em outras contas.

Taxa de desconto

O valor do dinheiro se modifica através do tempo, ou seja, o que hoje vale determinada quantia, daqui a dois anos não terá o mesmo valor, qual será este valor então? Essa é a pergunta que a taxa de desconto busca responder: qual o valor do dinheiro com o passar do tempo. Tal taxa é condicionada de acordo com o custo de oportunidade, o qual representa a taxa de retorno que é possível obter em um empreendimento similar com risco equivalente.

Valor Presente e Valor Futuro

Retorno de investimento pode variar de acordo com o tipo de negócio.
Calcular o prazo de retorno do investimento é essencial para não se frustrar.
(Foto: Reprodução)

Para fazer o cálculo e descobrir quanto seu investimento renderá em determinado período é possível utilizar a seguinte fórmula:

VP= VF/(1+i)^n

Onde:

» VP = Valor Presente
» VF = Valor Futuro
» i = Taxa de desconto (ao ano)
» n = Período do investimento
» ^ = Elevado/Potência

Dica importante

Não deixe de fazer planejamentos a cerca do seu investimento a curto, médio e longo prazo, pois desta forma você compreenderá melhor as perspectivas que alcançará, podendo também reformular o seu desenvolvimento operacional e de produção para atender as demandas que o mercado lhe oferecer.

Na plataforma do Sebrae (Serviços Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) também é possível obter maiores orientações sobre esquemas para calcular o resultado operacional que uma empresa tem em determinado período.

Características essenciais para o perfil de um bom empreendedor

O mundo dos negócios é cada vez mais competitivo, sendo destaque então aqueles empresários que sabem lidar melhor com todas as mudanças pelas quais o mercado passa constantemente.

Para se tornar um empreendedor de sucesso várias características precisam ser desenvolvidas ao longo do processo, como habilidades para a gestão e administração, atitude de liderança e empreendedorismo, bem como conhecimento sobre os processos operacionais e de desenvolvimento de uma empresa.

Confira a seguir então cinco características extremamente fundamentais que todos que estão começando no mundo do empreendedorismo devem desenvolver o mais rápido possível:

1. Oportunidades

Um empreendedor de sucesso não fica no seu escritório sentado esperando a oportunidade bater na porta, ele está sempre atento as novas tendências do mercado e oportunidades de negócios. Ele é capaz de compreender que os problemas a serem resolvidos possuem soluções que nem sempre são práticas, por isso sempre busca novas iniciativas e as coloca em prática, pois geralmente rendem lucro ao negócio.

2. Analise dos riscos

Avaliar todas as alternativas possíveis antes de tomar qualquer decisão é essencial, pois quem tem tal característica é capaz de enfrentar qualquer desafio que possa vir a surgir eventualmente sem colocar tudo a perder por atitudes que não foram pensadas o suficiente. Correr risco não é um problema, ao contrário, é até saudável, isso se todas as questões forem avaliadas previamente de forma minuciosa.

Perfil do empreendedor de sucesso
Empresário de sucesso.
(Foto: Reprodução)

3. Qualidade e eficiência

Empresários bem sucedidos estão sempre a procura de aperfeiçoar seus produtos e serviços, seja diminuindo o tempo da entrega ou reduzindo os custos que envolvem a produção. Prezar sempre a qualidade significa estar sempre disposto a melhorar o produto para satisfazer de forma mais eficaz o cliente. E quando se é eficiente, é possível atender a todas essas questões oferecendo ainda preços e prazos menores que a concorrência.

4. Persistência

Este é o combustível de qualquer empreendedor: buscar sempre novos meios para conseguir atingir seus objetivos. É fundamental não se cansar, nem desistir diante das dificuldades, pois a jornada sempre continua e a cada dia que passa novos problemas surgirão, o importante se pauta em como o empresário lida com eles, procurando sempre novas alternativas e soluções.

5. Planejamento

Por fim, a parte mais importante de qualquer negócio que almeja alcançar sucesso: o planejamento. Nenhum negócio vai para frente se ele não tem um plano, metas e objetivos a serem cumpridos. Para se chegar a determinado patamar é necessário projetar o caminho que se fará até lá. Assim, é indispensável que se elabore um planejamento a curto, médio e longo prazo e ao final de cada período se avalie o alcance das metas e quais mudanças precisam ser feitas dentro da empresa.

Se você deseja obter sucesso no mundo do empreendedorismo deve estar ciente de que não se aprende tudo na prática do dia a dia, é necessário também material teórico para o desenvolvimento cognitivo. Por isso criamos uma lista com Livros recomendados a quem está a procura de um negócio em franquia, não deixe de acessar.

Franquia Starbucks Brasil: valor do investimento e tira dúvidas completo

A Starbucks é uma empresa multinacional conhecida por possuir a maior rede de cafeterias de todo o mundo, sua sede fica em Seattle, no Estados Unidos. A rede conta hoje com mais de 15.000 lojas espalhadas por todo o mundo.

Além de oferecer os tradicionais café expresso e cappuccino, os estabelecimentos desta rede contam em seu cardápio com outros tipos de bebidas, com uma grande variedade de chás e outras comidas no modelo fast food, sanduíches e etc.

A Starbucks possui 51 lojas espalhadas pelo Brasil, com maior concentração nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Uma praticidade dessa rede é que podem ser instaladas dentro de shoppings, livrarias e outros centros comerciais.

No entanto, essa marca não opera dentro do segmento de franquias, ficando assim a cabo do empreendedor montar seu próprio negócio onde a marca pode vir a se instalar. Confira a seguir então o passo a passo para abrir uma loja com a marca Starbucks.

Franquia de cafeteria
Café Starbucks.
(Foto: Reprodução)

1. Avalie o local onde irá instalar a sua loja, pois quanto mais ele for movimentado, mais chances terá de obter sucesso. O recomendável é que se abra o estabelecimento em shopings, aeroportos, centros comerciais, hospitais e áreas afins com tráfego intenso.

2. Coloque a sua loja com o modelo mais parecido possível com o da Starbucks, as áreas devem ser confortáveis, contando com sofás e poltronas, conexão wi-fi e música ambiente, tudo isso para tornar o ambiente o mais acolhedor possível para o consumidor. Acrescente outros elementos que você achar necessário para ser um ponto de encontro de pessoas.

3. Procure fazer com que a companhia Starbucks treine você e seus funcionários, para que o sistema operacional tenha semelhança com as outras lojas da rede. Outro ponto interessante é comprar os produtos da companhia para oferecer na sua cafeteria.

4. Faça parte do sistema de cartões Starbucks, pois assim você dará aos clientes da companhia a oportunidade de comprar na sua loja ou efetuar descontos de cupons. Assim, a aceitabilidade da sua loja será aumentada, bem como o público consumidor.

5. Como o estabelecimento é seu, você tem livre arbítrio para acrescentar o que quiser dentro deles, como sorvetes, livros, filmes, enfim, o que achar interessante para tornar a sua cafeteria um sucesso, não esquecendo de sempre manter o padrão de qualidade.

Se você deseja conhecer mais sobre a marca acesse o site da Starbucks e obtenha maiores informações sobre a história da empresa, bem como os produtos e serviços que a marca oferece.

Melhores franquias para 2016

Segundo afirmam os especialistas da área o setor de franquias terá um crescimento em faturamento e expansão de cerca de 15% nos próximos anos.

Essa é uma excelente oportunidade para aqueles que pretendem se organizar e fazer um planejamento para investir em uma franquia, pois é possível guardar mais dinheiro com o tempo e não se endividar fazendo empréstimos.

Esse é um momento que exige bastante cautela por parte do candidato a empreendedor, deve ser estudado minuciosamente. Para facilitar então a sua vida, separamos uma lista com as melhores franquias para se investir neste próximo ano, caso você tenha interesse em conhecer mais sobre o processo de franqueamento de cada uma delas é só clicar no links disponíveis a seguir.

Franquia Jan Pro

Empresa especializa no fornecimento de serviços de lavanderia, limpeza e conservação, trabalhando também na conservação de imóveis, como prédios comerciais, escritórios, supermercados, bares, restaurantes e etc.

Este é um segmento consolidado no mercado brasileiro que não pára de crescer, mas que ainda tem uma grande falta de mão de obra especializada para esse serviço, o que torna este investimento bastante promissor, pois não tem concorrência no mercado.

→ Capital para instalação: R$ 0,00
→ Taxa de franquia: R$ 28.890,00 a R$ 118.800,00
→ Taxa de publicidade: não cobra
→ Taxa de royalties: 7% sobre o faturamento bruto mensal
→ Capital de giro: R$ 3.125,00 a R$ 25.000,00
→ Faturamento médio mensal: R$ 70.000,00
→ Retorno do investimento inicial: 7 a 12 meses

Franquia Autêntico Pilates

Essa empresa utiliza o pilates, que já existe há quase um século, aliado a um método autêntico de tratamento para atender aos diversos públicos que necessitam de atendimentos voltados para a estética, saúde ou reabilitação. O fitness é um setor que está em alta, tornando assim um investimento nessa área uma grande oportunidade para o empreendedor.

Os modelos de negócio dessa empresa são adaptáveis a todos os tipos de candidatos a franqueados independente de sua condição financeira, fica a critério do empresário escolher qual se encaixa melhor em seu perfil e expectativas.

Franquia Tutores

Empresa pioneira no ramo de tutoria educacional que atua dentro do segmento de educação e treinamento oferecendo serviços de educação multidisciplinar e tutoria para públicos diversos, como alunos do ensino fundamental e médio, nível técnico e superior, assim como também para aqueles que buscam passar em um concurso público.

→ Capital para instalação: R$ 3.000,00
→ Taxa de franquia: R$ 15.000,00 a R$ 25.000,00
→ Taxa de publicidade: meio salário mínimo
→ Taxa de royalties: um salário mínimo
→ Capital de giro: R$ 2.000,00
→ Faturamento médio mensal: R$ 25.200,00
→ Retorno do investimento inicial: 6 a 12 meses

Franquia Container Baby & Kids

A franquia Baby & Kids trabalha com produtos e serviços voltados para o público infantil, dentre eles podemos dar destaque aos produtos de moda, brinquedos e quartos decorados.

Uma diferença dessa franquia para outra da mesma área, é que ela trabalha com um ideal sustentável, incentivando as crianças e outras pessoas que compram na loja, a preservar o meio ambiente por meio de campanhas e promoções.

Como este é um projeto que conta com responsabilidade social e ambiental o público consumidor já existe e está a procura de estabelecimentos como esse, tornando o investimento nesta marca bastante promissor.

Franquia Mercadão dos Óculos

Esta é uma franquia que trabalha com a comercialização de óculos escuros e de grau voltada para o público das classes C e D. Os produtos tem uma qualidade reconhecida, contando com grandes marcas de renome nacional, mas possuindo ainda assim preços acessíveis.

Uma vantagem de se investir nessa franquia é que ela é feita exclusivamente para um grupo que está em ascensão, sendo hoje quem mais movimenta a economia brasileira.

→ Capital para instalação: R$ 65.000,00 a R$ 95.000,00
→ Taxa de franquia: R$ 25.000,00 a R$ 35.000,00
→ Taxa de publicidade: não cobra
→ Taxa de royalties: 5% sobre o faturamento bruto mensal
→ Capital de giro: R$ 20.000,00
→ Faturamento médio mensal: R$ 40.000,00
→ Retorno do investimento inicial: 12 meses

Franquia UZ Games

Empresa que trabalha com a comercialização de jogos eletrônicos e videogames. A UZ Games tem parceria com vários fornecedores, aumentando assim a gama de produtos a serem ofertados aos consumidores em suas lojas.

→ Capital para instalação: R$ 170.000,00
→ Taxa de franquia: R$ 50.000,00
→ Taxa de publicidade: 1% sobre o faturamento bruto mensal
→ Taxa de royalties: 3% sobre o faturamento bruto mensal
→ Capital de giro: R$ 30.000,00 a R$ 60.000,00
→ Faturamento médio mensal: R$ 150.000,00
→ Retorno do investimento inicial: 24 a 36 meses

Escolha qual a franquia melhor atende as suas expectativas e tenha sucesso no mundo do empreendedorismo!

Tipos de franquias que chegarão ao Brasil nos próximos anos

Há muito tempo as marcas estrangeiras têm demonstrado interesse em investir no Brasil, porém nos últimos anos essa vontade tem ficado mais evidente e clara.

Isso acontece devido ao fato das franquias estarem mais preparadas para atuar dentro do mercado brasileiro, as franqueadoras são capazes de identificar quais investidores são promissores para iniciar um negócio ou então o abrem com operação própria para posteriormente entrar no segmento de franquias.

Quando a questão é transferir uma marca de um país para outro, os especialistas afirmam que a chave para o sucesso está na capacidade de adaptação e flexibilidade que o negócio tem, pois quando se entra em contato com outra cultura, vários fatores podem se tornar empecilhos, como fornecedores, ponto comercial, planejamento, público consumidor, dentre outros.

Esse é um movimento realmente bom para a economia brasileira, pois aumenta o seu movimento, também é vantagem para o investidor e para o cliente que passa a ter mais opções. Confira a seguir uma lista com algumas franquias que pretendem se expandir para o território brasileiro.

Wendy’s

Principal rede de lanchonete concorrente do McDonalds nos EUA, tem atualmente cerca de 6.500 estabelecimentos e já está em 27 países do mundo hoje, inclusive na América do Sul.

The Cheesecake Factory

Rede de restaurante conhecida pela tradicional sobremesa americana, oferecendo ainda outros pratos e lanches. Em operação desde 1978, conta hoje com 177 unidade franqueadas.

Franquias internacionais para investir
Franquias famosas internacionalmente devem chegas ao Brasil neste ano.
(Foto: Reprodução)

Stake’n Shake

Rede de lanchonetes americana que faturou somente no ano passado cerca de UU$ 700 milhões. São 500 estabelecimentos no EUA e a rede pretende chegar a 1.000, um dos focos de expansão é o Brasil.

Planet Hollywood

Quando se trata de glamour e fama essa é a rede norte-americana indicada. Fundada em 1991, a empresa tem restaurantes espalhados por todo o EUA e já está negociando com investidores para abertura de uma franquia na cidade de São Paulo.

Dunkin’ Donuts

Essa franquia já esteve no Brasil e o negócio durou por um bom tempo (de 1980 a 2003), entretanto fechou. Agora, mais uma vez o país aparece como possibilidade expansão da rede. Os estabelecimentos podem ser abertos em vários formatos e funcionar durante 24 horas.

Clarks

Essa é uma das mais tradicionais lojas que comercializam sapatos no Reino Unido, tendo sido fundada no ano de 1825. O lucro da companhia chega hoje a ultrapassar a marca de 120 milhões de libras, contando com mais de 450 unidades franqueadas.

PF Chang’s

Bistrô chinês especializado na culinária asiática. Espalhado pelo mundo com mais de 200 unidades, procura hoje investidores brasileiros que tenham capacidade para abrir dez franquias em um período de até dez anos.

Kidzania

Rede de parques de diversões do México que já tem planos de abertura de uma franquia a ser instalada na cidade de São Paulo. O negócio funciona como cidades em miniaturas para as crianças se divertirem, estando em diversos países, como por exemplo, Japão e Chile.

⇒ Como você pôde notar, as marcas internacionais estão invadindo ininterruptamente o mercado brasileiro. Se você pretende atuar com esse tipo de negócio não pode deixar de ler nosso artigo sobre Como se tornar franqueado de uma marca estrangeira, acesse e confira!

A personalidade do empreendedor precisa estar ligada a seu tipo de negócio?

Ser um empresário, empreendedor ou investidor significa estar sempre em busca de seus objetivos, planos, sonhos e, principalmente, da sua autorrealização e independência.

Existem várias pesquisas que circulam no mundo dos negócios a respeito de quais são as características que levam uma pessoa a obter o tão famigerado sucesso no mundo do empreendedorismo, a resposta mais básica e encontrada de todas é o desejo que se tem pela realização pessoal.

Desejo o qual vem acompanhado de bastante determinação, dedicação e foco durante o desenvolvimento e operação de uma empresa, fazendo com que o gestor à frente acredite e seja apaixonado pelo que faz.

O que, no caso, é um fator fundamental para uma trajetória bem-sucedida: ter prazer e gosto em exercer a sua profissão. Assim é essencial que o investidor se identifique com o seu negócio, pois caso não o faça, a tendência é que ele naufrague aos poucos.

Tipo de negócio e perfil do empreendedor
Sucesso do empresário depende da sua ligação com o negócio.
(Foto: Reprodução)

Analisando seu perfil

Antes de escolher  por qual negócio investir é essencial que o empreendedor analise algumas características sobre o seu perfil e expectativas no  mundo dos negócios.

Exceto aqueles que entram como sócio-investidor, todos os empresários tem papéis a cumprir dentro de uma empresa, como gerir pessoas, cuidar das finanças, analisar os riscos e até mesmo arriscar, aceitar decepções e saber lidar com elas, tomar decisões que envolvem a gerencia, observar e atuar no dia a dia operacional, entre outros.

Para aumentar então a probabilidade de sucesso na carreira de empresário, é necessário além de uma análise criteriosa sobre a viabilidade econômico-financeira que envolve o negócio, ter afinidade com o produto ou serviço que o estabelecimento comercializará.

Esse momento de auto-análise deve conter uma avaliação sobre as competências que o futuro empresário tem, quais as habilidades que o negócio e exige e se o candidato está apto e disposto a desenvolver e se capacitar.

Dica importante

Caso você seja um consumidor fiel ou tenha uma paixão por determinada marca, uma boa opção de investimento são as franquias. A franquia é um modelo de negócio já formatado em que o investidor pode até fazer o test drive por um dia e analisar se ela se encaixa em seu perfil.

Atualmente, no mercado brasileiro, são mais de duas mil oportunidades que o empreendedor encontra para negociar dentro dos mais diversos segmentos, podendo assim escolher a que melhor se encaixar com o seu perfil e expectativas.

Se você está pensando em abrir um novo negócio, mas ainda não sabe em que investir acesse nosso artigo e confira como funcionam as franquias, um negócio que vem ganhando cada vez mais adeptos no mercado brasileiro.

Casos de sucesso que inspirarão você a se tornar um empreendedor em franquias

Quando se fala no líder de uma empresa a primeira imagem que se vem a mente é a de um homem em um terno, certo?

Bem, é isso o que a maioria das pessoas acreditam. Entretanto, pesquisas mostram uma realidade totalmente diferente, pois de uns anos para cá o número de mulheres empreendedoras vem crescendo de forma exacerbante.

O crescimento nos últimos 10 anos atingiu o número de 21%, quantidade a qual é mais que o dobro do crescimento masculino nesta profissão, segundo o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Pequenas e Micro Empresas). Atualmente, 45% dos empreendedores individuais são do sexo feminino, resultando em 7 milhões de mulheres empresárias espalhadas pelo país.

O Brasil possui uma das maiores taxas de empreendedorismo feminino de todo o mundo, desses 7 milhões de mulheres empreendedoras, 61 mil estão no segmento de franquias faturando, em média, cerca de 32% a mais que os homens que estão no mesmo ramo. Para reforçar esses dados e te inspirar a investir no mundo do empreendedorismo separamos dois casos de mulheres que obtiveram êxito em suas profissões, confira.

Empresários bem sucedidos
Casos de sucesso no mundo do empreendedorismo.
(Foto: Reprodução)

A primeira história é da empresária Luiza Travano Donatto, dona da reconhecida rede de franquias Magazine Luiza, primeira empresa brasileira que figurou na lista dos maiores do varejo mundial.

Mas essa história começou lá em 1957, quando Luiza e seu marido compraram uma pequena loja chamada A Cristaleira, na cidade de Franca, em São Paulo.

Ali teve início o que se tornaria futuramente uma das maiores redes de varejo do país. O negócio já em seu início deu tão certo que nos próximos anos começaria a se espalhar pelo estado, atingindo hoje uma marca de mais de 170 lojas espalhadas pelo Brasil.

O segundo caso de empreendedoras de sucesso é o da presidente da Dudalina, Sônia Hess de Souza. A empresária alanvancou, em apenas três anos, a rede de camisarias que a sua família já tinha de uma forma tão eficaz, que hoje o segmento feminino da marca chega a atingir cerca de 30% dos U$ 190 milhões que a empresa fatura anualmente.

Em 1984, ao voltar da Europa, onde esteve para fazer cursos de aperfeiçoamento, foi convidada por seus irmãos para expandir o negócio em São Paulo, já no ano de 2003 ela assumiu a presidência da empresa, que hoje é responsável por 50% das exportações brasileiras em camisaria masculina.

Transformar um negócio em sucesso muitas vezes não é uma tarefa fácil, pois exige bastante determinação e dedicação do empresário. Tenha foco e persista nos seus objetivos que você irá alcançá-los!

» Se você está no ramo dos negócios, mas ainda tem dúvidas sobre como fazer seu investimento se tornar um sucesso, confira em nosso artigo algumas dicas para quem procura êxito nesta profissão.

Benefícios de instalar a sua franquia em shoppings

Uma das principais missões que um empreendedor tem quando vai abrir o seu negócio em franquia é a escolha do ponto, a qual deve ser minuciosamente pensada, pois ele deve ser adequado ao seu público alvo.

Nesta questão as franquias tem uma vantagem sobre os negócios independentes, pois o franqueado conta com a assessoria da franqueadora para escolha e negociação do ponto, pois geralmente ela tem um poder maior com as administrações dos centros de compras.

Segundo a Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers) existem hoje no Brasil cerca de 524 estabelecimentos em funcionamento, com a previsão de abertura de mais 21 até o final deste ano de 2015. O faturamento alcançou em 2014 a marca de R$ 142,28 bilhões com um tráfego de 430.501 pessoas por mês.

Mesmo contendo um fluxo bem maior de clientes do que em lojas de rua, os shoppings centers exigem maiores recursos da parte de quem pretende investir. Confira a seguir alguns deles.

Shopping Center
Centro comercial com diversas lojas de franquias.
(Foto: Reprodução)

Luvas

A primeira despesa a se colocar na ponta do lápis são as luvas, que é o valor relativo à compra do ponto comercial.

Geralmente os valores são bem altos, chegando a serem inviáveis para quem está começando seu negócio do zero. Por exemplo, na cidade de São Paulo, uma loja de shopping com cerca de 40 m² pode variar entre R$ 400.000,00 a R$ 1 milhão.

Aluguel

O aluguel é um valor mínimo estipulado em reais ou um percentual que varia de acordo com as vendas, onde ao fim de cada mês se paga o que for maior. Esse valor é variável em relação a área na qual a loja se localiza, pois depende do fluxo de pessoas, corredor principal, praça de alimentação, entre outros.

Fundo de promoção e condomínio

Taxa cobrada mensalmente para divulgação do shopping, o fundo de promoção geralmente chega a atingir cerca de 20% do valor do aluguel. Já a taxa de condomínio é referente à despesas como energia, água, limpeza, segurança e administração do shopping.

Benefícios

Fora todos os custos que envolvem o investimento em uma loja em shopping, esta é uma opção que pode trazer muitas vantagens para o empresário, pois existe uma segurança e força para impactar os clientes em uma larga escala.

O investimento financeiro pode ser maior que o negócio comum, mas o prazo de retorno é bem menor se comparado, uma vez que o faturamento médio mensal é exacerbante. Converse com o franqueador da franquia a qual você pretende investir que ele poderá lhe dar mais dicas e auxiliar nessa escolha.